Notícias e Eventos
Notícias SEGH

13
dez/18

Plenário aprova criação da Semana Municipal da Gastronomia em Caxias do Sul

A proposta assinada pelo vereador Gustavo Toigo/PDT contém emendas, as quais foram também acolhidas, e depende da sanção do Executivo para virar lei

Compartilhe isto:

Divulgação Banco de Imagens

A criação da Semana Municipal da Gastronomia contou com o aval de todos os integrantes do Legislativo caxiense, na sessão ordinária desta terça-feira (11/12). O texto contém duas emendas supressivas (ES1 e ES2) e uma modificativa (EM1), as quais são de autoria também do parlamentar pedetista e receberam aprovação do plenário. Para vigorar, o texto precisa ainda de sanção do Executivo.

A matéria estabelece a comemoração como anual, ocorrendo na terceira semana de outubro, com início em 16 do referido mês, que é o Dia Mundial da Alimentação. Entre os objetivos listados pelo autor para a realização dessa semana, estão: evidenciar e reforçar a vocação gastronômica de Caxias do Sul; reconhecer o trabalho desenvolvido pelos empreendedores gastronômicos no fomento à economia do município, na distribuição de renda e na geração de inclusão social; e ressaltar a importância da gastronomia para diversificar as atividades econômicas por meio da indústria, do comércio e do turismo.

Ainda constam como propósitos: estimular o desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação através de oficinas, exposições, palestras, feiras de produtos, rodadas de negócios, cursos de capacitação para aplicação na cadeia produtiva da gastronomia; apoiar ações de educação, profissionalização e qualificação do trabalhador do setor gastronômico urbano e rural e valorizar a cultura alimentar com ações que possibilitem a transmissão do saber e das competências; fomentar a criação e a implementação de programas de difusão, valorização e preservação das práticas, modo de preparo e consumo, saberes e fazeres culinários; e incentivar a criação, manutenção e consolidação de mercados, feiras e festas municipais tradicionais e populares.

“Para além da alimentação como necessidade, é um grande sustentáculo da economia para Caxias do Sul e região”, sublinhou Toigo, na plenária desta terça-feira (11/12).  

Em relação ao conteúdo das emendas, que também foram acolhidas pelos parlamentares, uma altera um verbo “realizar” por “comemorar”, no 1º artigo. Já as supressivas retiram dois artigos do texto, um que se referia à promoção de um festivalgastronômico, e o outro, que discorria sobre autorização para o município fazer parcerias para colocar em prática o evento.

Na exposição de motivos, o autor valorizou a culinária caxiense, dizendo que é reconhecida como um dos atrativos turísticos. “Exemplo de como a gastronomia pode atuar na representação cultural de uma localidade é o galeto al primo canto, considerado Bem Cultural de Natureza Imaterial do município”, frisou, ao também afirmar que a comida está ligada à formação histórica de um lugar.

Toigo aponta que Caxias do Sul possui grande variedade de empreendimentos gastronômicos relacionados às raízes italianas ou a tantas outras origens, sempre prezando por servir refeições conhecidas por sabor, capricho e qualidade. “Essa ampla oferta propicia que, por meio da realização da semana, tanto caxienses como turistas possam realizar imersão cultural e gastronômica, se apropriando de valores e de costumes e contribuindo para a preservação de nossas tradições”, detalha o parlamentar.

O pedetista ressalta que, com a Semana da Gastronomia, poderiam receber mais destaque as comemorações da cidade e do interior, como Festa da Uva, festejos Farroupilha e festas do Divino, do Agricultor, do Vinho Novo, do Pinhão e Hortiserra, entre outros. Por fim, Toigo informou que o PL 49/2018 é resultado de interlocução prévia com o Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria Região Uva e Vinho (SEGH).

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Compartilhe isto:

Galeria de imagens

Cadastre-se para receber notícias e eventos!